Empreendedores apresentam parque tecnológico multissetorial da Serra

O Parque Tecnológico Multissetorial do Nordeste Gaúcho – Greentec, que está sendo instalado em Farroupilha, foi apresentado pelos empreendedores ao secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Márcio Biolchi, nesta terça-feira (11). O empreendimento ocupa uma área de 72 hectares, entre os municípios de Farroupilha e Caxias do Sul, já está totalmente cercado, com todo o sistema viário interno asfaltado e com todos os serviços de fornecimento de água, energia, comunicações e gás instalados e à disposição de empresas.

O projeto do Greentec foi explicado pelo arquiteto Rodrigo Postiglione, da RPP Construtora, que observou que o empreendimento tem a participação da iniciativa privada, governo e universidades. O parque tecnológico vai ter uma central de pesquisa e inovação denominada Tecserra. Zoneada para abrigar empreendimentos industriais e comerciais, o centro administrativo conta com 2,5 mil metros quadrados de área construída e um espelho d’água, no centro de lazer dos trabalhadores. O deslocamento interno será feito em ônibus elétrico, cujo protótipo já esta projetado.

A Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect) e empreendedores do Greentec vão promover um seminário para apresentar todos os programas oferecidos para dar suporte a novos empreendimentos, como os parques tecnológicos, o programa DesenvolveRS, que aproxima empresas iniciantes de fornecedores, os programas de incentivo como o Fundo Operação Empresa – Fundopem/RS e o Programa de Harmonização do Desenvolvimento Industrial – Integrar e a dinâmica da Sala do Investidor. Também serão explicadas as linhas de financiamento operadas pelo sistema financeiro do Estado – BRDE, Badesul e Banrisul.

O secretário Márcio Biolchi lembrou o programa Badesul Pequenas Empresas, lançado na segunda-feira. “Será por meio desta iniciativa que as pequenas empresas ganharão um espaço ainda melhor para crescer. Tenho certeza de que será uma ferramenta impulsionadora para o crescimento de um dos principais setores do Rio Grande do Sul”, disse.

O empresário Francisco Spiandorello falou que o programa de ocupação do Greentec observará doze eixos, com foco direcionado para a educação, inclusão social, saúde, meio ambiente e sustentabilidade. Lembrou que Caxias do Sul tem 180 startups e um total de 69 mil empresas de todos os portes.

O secretário executivo do Codesul, Vicente Bogo, que acompanhou a apresentação do projeto, lembrou que os governadores do Sul do Brasil e do Norte da Argentina, definiram em Porto Alegre, a instalação de centros de negócios e investimentos.

Texto: Ascom Sdect
Edição: Denise Camargo/Secom